quarta-feira, 29 de março de 2017

Eu assisti: Power Rangers (2017)

Parece que Março, além de estar me fazendo acabar meu dinheiro no cinema, está me trazendo uma deliciosa avalanche de nostalgia. E quem diria que isso ainda iria parar nas telonas, hein? Assisti ao novo filme dos Power Rangers e vou contar tudo o que achei aí embaixo, se liga aí!

GO GO POWER RANGEEEEEEERS! *riff inesquecível de guitarra*


Confesso que fui pro cinema sem grandes expectativas, não botei tanta fé nos trailers e achava que ia ficar um negócio meia boca. Fui mais pela vibe nostálgica de ver nas telonas uma coisa que foi tão presente na minha infância. Se você é mais ou menos da minha idade, tenho quase certeza que um dia você brincou de Power Ranger - sou a amarela, tá? - , fala sério!  E se eu me surpreendi com essa nova versão? Demais!

O filme nos mostra um pouco da origem dos Power Rangers e como esse poder veio parar na Terra, mas acima de tudo, nos apresenta pra nós os personagens por trás dos rangers. Se na série nós só conhecíamos os rangers guerreiros, agora nós conhecemos os jovens por dentro da armadura de herói. Os nomes continuam os mesmos de Power Rangers Mighty Morphin: Jason, Zack, Billy, Trini e Kimberly.  Os 5 rangers, que no começo da nossa história ainda não fazem a mínima ideia do que os espera, não se conhecem e o filme mostra pra gente como eles são escolhidos para se tornarem Power Rangers e também como se constrói a  amizade entre eles. Isso é essencial pro filme, então presta bem atenção nessa parte quando for assistir, hein?


Uma das coisas que eu fiquei com um pé atrás quando vi as imagens do filme foi a armadura dos Rangers, estranhei bastante... Se você parar pra pensar, a gente tá acostumado com anos de uniformes meio acetinados, né? Mas assistindo o filme vi que está bem condizente com a roupagem moderna que o filme ganhou. Achei bem legal, no final das contas.

E o que também temos? Zordon e Alpha! Zordon - a nossa famosa cabeça careca - continua sendo uma cabeça careca, mas ganhamos aqui um toque de modernidade, afinal estamos em 2017 e o poder dos gráficos digitais é real, né? Assim, o chefão passou de uma cabeça de holograma dentro de um grande tubo (?) pra uma cabeça meio 4D num telão interessante. Nosso robozinho Alpha 5 também tá mais moderno, mas continua a mesma gracinha de sempre. Ai ai ai ai ai! E a nossa vilã? A Rita Repulsa de Elizabeth Banks - deusa! - é sensacional! Ela não tem mais aquele ar meio cômico e briguento, a nossa vilã está mais sombria e super condizente com o filme. Fora que a roupa da Rita é maravilhosa, amei demais!


Achei que o filme prezou bastante por introduzir essa história dos Rangers e apresentação dos personagens e a porrada em si me parece que foi tão curta! Não que isso seja um ponto extremamente negativo, claro, mas aquela coisa, né? Esse filme foi mil vezes adiado e eu queria sim meia hora de faíscas rolando na tela! Apesar disso, gostei bastante do filme e, mais uma vez, viajei no tempo. Muitas referências à série clássica e easter eggs que dessa vez consegui captar na hora. Se você, como eu, cresceu assistindo Power Rangers tenho que te dizer: não tem como não se arrepiar com entrada dos Zords junto com a inesquecível música tema. Vou dizer um negócio a vocês, a cena tem uns 15 segundos, mas carrega 2 quilos de referências e mexe com o coração dos fãs. Fiquei arrepiada!

Você pode até estar esperando um filme decepcionante e meia boca, mas acredite: o filme é bom! E se você quer reviver aquela vibe meio super sentai dos seus anos 90, pode ir pro cinemas sem medo que você não vai se decepcionar! E se liga: tem cena pós créditos!

Ray Menezes

segunda-feira, 27 de março de 2017

Influbeauty em Recife

E aí, belezinhas, tudo certo com vocês? Por aqui as coisas estão indo super bem. Muito trabalho, mas tem que ser assim mesmo, né nom? Então vamo que vamo! Lembram que eu tava sempre dizendo que tinha coisas boas acontecendo e em breve dividiria com vocês? Pois então, acho que meu pensamento positivo atraiu mais coisa boa e vim mostrar aqui o que rolou esse final de semana aqui em Recife.


O vídeo era pra ter saído ontem, mas o Sony Vegas não deixou. Mas é aquele ditado, né? "Antes tarde do que nunca!" E olha que dessa vez não foi nem tão tarde assim. Cá estou eu trazendo pra vocês um pouquinho do que foi a Influbeauty, o Encontro de Profissionais Influentes, que é um evento promovido pela Muriel Cosméticos, que já havia passado por duas outras capitais brasileiras - São Paulo e Salvador - e neste último sábado teve sua terceira edição aqui em Recife. 

Se liga aí no vídeo que eu mostro algumas coisas do evento e conto tudo o que eu achei!


E aí, o que acharam? Não esqueçam de deixar o likezinho de vocês lá no vídeo e se inscrever no meu canal do Youtube porque em breve vamos ter muitas coisas pra falar sobre os recebidos. E aqui no blog também vai ter muita novidade, viu? Sigam também as outras redes sociais do blog - Instagram, Facebook e o GFC aqui do lado, claro - pra ficar de olho em cada atualização.

E, por fim, deixo aqui mais uma vez o meu muito obrigada à Muriel Cosméticos pelo convite. Eu amei conhecer um pouco mais da empresa e seu modo de trabalho e passar essa tarde tão gostosa lá com vocês. 

Ray Menezes

terça-feira, 21 de março de 2017

Eu assisti: A Bela e a Fera (2017)

Ano passado fiz um post falando sobre os trailers de cinema que me fizeram querer que o tempo passasse mais rápido e o negócio que o tempo tá mesmo voando né, migues? Daqueles filmes que listei, até ontem só faltavam dois pra assistir e agora só me falta um, porque um deles era esse do qual falarei hoje. Ontem eu fui assistir A Bela e a Fera e vou contar tudinho o que eu achei aqui pra vocês, mas - como sempre - sem spoilers. Se liga aí!


Sou bem Disney freak, vocês sabem, então como é que eu tava fazendo pra manter o coração batendo regularmente antes, durante e depois de entrar na sala de cinema? Como é que vou escrever isso aqui sem ser altamente influenciada pelo meu coração que é louco pelos clássicos Disney? Olha, não sei responder. Confesso que não sou a maior fã de remakes das animações clássicas, mas entrei no cinema com as expectativas lá em cima quanto à A Bela e a Fera

Primeiro por causa da nossa protagonista, que seria vivida por nada mais nada menos que Emma Watson, vulgo Hermione Granger. E segundo por causa dos tiros que foram cada trailer e imagem liberada, não tinha como não amar. Enlouqueci na primeira comparação dos trailers da animação com o do live action. Tava tudo tão perfeito! Depois disso pensei que não tinha como a Disney não dar uma dentro com esse filme. Inclusive fui até pro cinema sem rímel prevendo que se caso o fizesse eu sairia da sessão parecendo um panda. E ótima previsão, esta que eu fiz, porque de fato lágrima foi o que não faltou por aqui.


Meu primeiro pensamento são pós-filme foi o de que com toda a certeza esse foi um filme pensado pra agradar os fãs. Do início aos créditos finais: tá lindo demais! Temos cenas novas, mas temos cenas que não só remetem à animação como são iguais ao filme de 1991. Se eu amei isso? Vocês não imaginam o quanto! Em vários momentos senti como se estivesse voltado no tempo, pra aqueles momentos da minha infância em que eu assistia as fitas dos desenhos repetidamente. Os personagens estão maravilhosos. Cada objeto animado foi um show à parte! Lumiére segue sendo meu favorito

E as canções, outra volta no tempo! Algumas músicas novas e algumas sutis mudanças em algumas letras, mas que delícia poder cantar junto! Não gosto de assistir filmes dublados, mas fiz questão de assistir A Bela e a Fera dublado pra poder ver como ficariam as músicas e não me arrependo nem um pouco. Se você é fã do filme, vale à pena assistir ao live-action dublado com toda certeza! "Alguma coisa aconteceu" é um dos meus momentos musicais favoritos do filme de 1991 e segue sendo neste de 2017, mas a cena que me fez desidratar não poderia ter sido outra senão a dança da Bela e da Fera. Sentimentos são... Que cena linda! Meu coração bateu tão forte nessa hora, chegou a ser doce pra mim assistir essa beleza de dança. E a música continua linda e emocionante, como não poderia deixar de ser nesse momento. 


Fui pro cinema com altas expectativas e saí da sessão extasiada com o quão maravilhoso é esse filme, sério. Vi atores perfeitos para os personagens em questão - tipo o Luke Evans que é o próprio Gaston -, vi a Bela como um personagem ainda mais forte, inteligente e que dá vida às próprias invenções e até ensina meninas à ler #girlpower! Já estou louca pra assistir novamente - legendado dessa vez - e prestar mais atenção em todos os mínimos detalhes que perdi por causa da emoção. E depois de tudo isso, termino esse post dizendo que: 

Esse é um filme pra agradar à todos, mas principalmente aos fãs de A Bela e a Fera. 

Ray Menezes

sexta-feira, 17 de março de 2017

Resenha: Gelatina "Vai Ter Volume Sim!" Salon Line

Sabe aquele produto que faz a diferença na finalização dos cabelos? Sim, amigas e amigos, esse produtinho que vos trago resenha aqui hoje é o produto que tá fazendo a minha cabeça - e os meus cachos - nos últimos tempos. Quer saber detalhes sobre o que eu acho? Se liga que vou contar tudo aí embaixo!


Eu já disse aqui no blog que gosto do efeito da gelatina no meu cabelo, nesse post aqui eu contei como eu fiz pra misturar a gelatina incolor - aquela de comer mesmo - no meu creme de pentear pra dar um boom na definição dos meus cachos. Daí quando vi que a Salon Line tinha lançado várias gelatinas, fiquei querendo experimentar uma delas. Demorei pra comprar, viu, tô tentando controlar os gastos por aqui. Mas um belo dia eu resolvi me dar esse presente e comprar um produtinho pros cabelos, então lembrei das gelatinas. Escolhi essa rosa porque eu quero volume sim! Paguei algo em torno de 16 reais.

Embalagem: É linda, né? Vem bem na vibe da linha Tô De Cacho. É feita de um plástico bem resistente - a minha já levou umas quedas e não rachou hahaha - e uso a tampa, que é grande igual ao potão, pra fazer a misturinha da gelatina com o creme de pentear antes de passar no cabelo, que é como a marca indica que seja feito o uso do produto.


Como eu uso: Misturo mais ou menos a mesma quantidade de gelatina e creme na tampa do pote ou na mão mesmo até ficar uma consistência o mais homogênea possível e em seguida vou fazendo uma fitagem simples no cabelo. A consistência do creme fica um pouco mais grossa com a gelatina, então tenho sempre o cuidado de espalhar bem o produto entre as mechas. Dependendo do dia eu faço uma fitagem mais estruturada ou mais simples mesmo e isso se reflete no resultado do cabelo depois de seco. No mais, a gelatina não muda em nada o processo de finalização. 

~ A wild Charizard appears! ~

Essa foto é de um day after usando uma mistura do creme de pentear Tô de Cacho junto com a gelatina. Se eu fiquei apaixonada pelo meu cabelo esse dia? Demais! #chegacarnaval2018

Minhas considerações: Eu adorei! A gelatina, além de me dar um voluminho extra - nada impressionante pro meu cabelo, mas meu deu um extra sim - e ajudar na definição dos meus cachos, ajuda a melhorar os day afters também. O cheiro da gelatina é gostoso, mas é bem suave, não compete com o cheiro dos cremes que eu uso. Vi relatos de meninas que disseram que o uso da gelatina ressecou um pouco os cabelos, no meu caso isso não aconteceu nem com o uso frequente. No Carnaval, por exemplo, eu finalizei meu cabelo todos os dias com a gelatina e não senti ressecamento. Coisa boa, né? Sempre que uso sinto o cabelo mais definido, com mais volume e bem macio ao toque. A misturinha com o creme de pentear Tô De Cacho - que também já tem resenha aqui no blog - é maravilhosa, mas também já testei com todos os outros cremes de pentear que tenho em casa e o efeito é ótimo também. Já virou produto queridinho? Sim!

Produto aprovado, Ray Maria? Mais que aprovado, bebê! 



Gostaram da resenha? Espero que sim! Mas e vocês, já usaram algum das gelatinas da Salon Line? E de outras marcas, já experimentaram? Me contem tudo aí nos comentários que eu vou adorar saber!

Ah! Vocês sabem que eu estou fazendo uma nova pesquisa de público aqui pro blog, né? Então, se você tiver um tempinho, quera esse galho pra mim? Juro que não vai tomar muito do seu tempo! Pra responder é só clicar aqui. Agradeço desde já!

Ray Menezes

quarta-feira, 15 de março de 2017

TAG: Meu Cabelo

E aí, gente bonita, tudo bom com vocês? Por aqui a semana começou uma loucura, mas cheio de coisa muito boa acontecendo comigo e eu tô doida pra dividir com vocês. Em breve vou contar tudo!

Mas, antes de começar o assunto principal do post, queria que vocês me respondessem rapidinho a nova pesquisa de público do blog. A última que fiz aqui foi em 2015, então queria atualizar os dados que tenho aqui pra conhecer vocês e continuar trazendo conteúdos legais pra vocês. A pesquisa dessa vez está mais curtinha do que a última, então não vai tomar muito do seu tempo, tá? Quebra esse galho pra miga aqui!


Hoje vim aqui pra responder uma tag - SIM, UMA TAG AEAEAEAE - e vocês sabem que eu sou aloka das tags, né? Sempre que vejo uma e acho legal quero responder. Essa aí foi sugerida por duas amigas/leitoras e eu não podia deixar de responder, né nom? Se liga aí e dá um play pra ver, que dessa vez foi em vídeo!


E aí, gostaram das perguntas e das minhas respostas? Espero que sim! Não esqueçam de deixar um likezinho lá no vídeo pra me ajudar na divulgação e se inscrevam lá no meu canal pra ficar de olho nos novos vídeos! Prometo que não vou demorar tanto pra aparecer, tá? 

Ray Menezes

sexta-feira, 10 de março de 2017

Boxer braids para todas!

Olaaaaaaar, gente bonita, tudo bom com vocês? Por aqui as coisas tão indo bem e seguimos com tudo em ordem. Em plena sexta-feira, cheguei aqui pra mostrar tendência atrasada pra vocês (?) O fato é que não tem ~na moda~ certo quando a gente gosta de alguma coisa, né? O que a gente gosta tá sempre em alta pra nós, beijo sociedade.

Quem me segue no Instagram (@heeeymaria, segue lá!) e viu meus stories recentemente, deve ter visto que fiz boxer braids - aquelas tranças embutidas, estilo boxeadora - no meu cabelo. Algumas pessoas me mandaram mensagens dizendo que gostaram e pedindo pra eu fazer um tutorial - daqueles com meu jeitinho fofo - ensinando como fazer no próprio cabelo. Minhas habilidades pra fazer tranças embutidas em mim mesma não são lá essas coisas, eu confesso pra vocês, então resolvi - enquanto vou aperfeiçoando essa arte - fazer um post com inspirações de boxer braids pra vários tipos de cabelo.

Se liga aí que esse penteado é bem democrático e dá pra fazer em tudo quanto é cabelo!


Esse penteado é ótimo pra ficar gatinha e também é uma boa alternativa pra manter o cabelo ~em ordem~ enquanto está fazendo atividades físicas, inclusive tô usando bastante pra ir trabalhar. Espero conseguir aperfeiçoar meu jeito de fazer e demorar menos de 40 minutos - é uma cruzada pra trançar esse fuá - pra fazer em mim mesma sem ficar um lado tão diferente do outro. 

E aí, gostaram das inspirações? Quem aí já usou essas tranças de boxeadora? E quem aí consegue fazer boxer braid em si mesma? Me conta aí nos comentários que eu vou adorar saber! 

Ray Menezes

quarta-feira, 8 de março de 2017

Feliz Dia da Mulher pra quem?

No final do mês passado, quando fui programar o dia de hoje aqui no blog eu pensei em fazer um post falando sobre personagens femininas que me inspiram. Tava tudo indo muito bem e eu juro que ia escrever e fazer um post bem lindo, mas aí me veio a realidade e esta notícia - pra ser sincera, infelizmente muitas outras notícias mais - me fez repensar. E eu não vou nem falar sobre os comentários que li sobre essa a outras notícias de hoje, sobre a mulher.


A realidade é foda, né? Que tal a gente parar nesse oito do Março pra refletir um pouquinho? Hoje é um dia de comemorar? Eu penso que hoje, acima de tudo, é um dia de reflexão sobre o nosso papel na sociedade e como o mundo está girando pra nós. Muito foi conquistado de 1857 - quando operárias protestaram em Nova Iorque por melhores condições de trabalho e igualdade de direitos trabalhistas. vale à pena lembrar que muitas foram queimadas. - pra cá, mas ainda existem muitas barreiras, barreiras enormes, a serem rompidas pra que a gente possa colocar a cara no sol sem medo de virar estatística. 

Estatística essa que me assusta cada dia mais. Cada dia mais mulheres são violentadas, cada dia mais mulheres são assediadas, cada dia mais mulheres tem seus direitos violados, cada dia mais mulheres são mortas e o que é que o mundo está fazendo sobre isso? Pensa aí: o que é que eu estou fazendo sobre isso? O fato é que a gente não pode esperar do mundo o que nós mesmas não fazemos, então está na hora nos levantarmos e participarmos ativamente desta luta. O mundo não muda se a gente não mudar.

Tá mais do que na hora de dialogar, de ler, estudar, aprender, abrir a mente pra essas pautas que são mais do que necessárias para o nosso bem estar. Não devemos deixar que o dia de hoje se resuma a aceitar flores e textões de pessoas dizendo o quanto não vivem sem nós, mas que nos outros 364 dias do ano nos ofendem e machucam. Não! Vamo parar de passar a mão na cabeça de amigo - e amiga também, por incrível que pareça - que perpetua machismo, que conta e ri de piadinha misógina, que acha que tá na balada só serve pra pegar, que acha que se tá de roupa curta tá pedindo pra ser estuprada e vários outros absurdos. Que o dia de hoje não se resuma à flores, porque a nossa vida, nem de longe são só flores.

Vamo levantar e lutar todo dia, porque nossa luta tem que ser diária e incansável! 
E essa luta é por respeito e igualdade pra mim, pra você e pra todas nós

Ray Menezes

terça-feira, 7 de março de 2017

Wish e To Do list #2

Olá olá, gente, tudo bem? Passada a ressaca do Carnaval, por aqui está tudo na paz e cá estou eu de volta à rotina. Estou em andamento com os planejamentos das minhas novas turmas e se por acaso eu der uma sumidinha aqui do blog, é porque estou dando atenção à isso, não estranhem. Março chegou com muita alegria e notícias boas, espero poder dividir tudo com vocês o mais breve possível.

E nada melhor pra começar o mês do que listas, né? Hoje resolvi trazer a primeira wishlist do ano e também contar pra vocês um pouco do que eu quero/preciso fazer, de preferência ainda esse mês. 


Wishlist

1. Tênis novo - Como eu trabalho sempre de tênis, estou sempre precisando de tênis confortáveis e resistentes. Tênis desses de corrida mesmo, com amortecimento legal e que sejam bonitinhos, pra fazer feliz a colega aqui. Tô de olho em uns, mas ainda estou pesquisando modelos e precinhos. Vocês tem alguma dica de onde comprar tênis de corrida com um precinho amygo? Deixa aí nos comentários que eu vou adorar!

2. Base Matte Tracta - Atualmente tô usando a base da Mary Kay, mas a bicha tá acabando e em breve vou precisar comprar base nova. Experimentei a da Tracta e me apaixonei pela cobertura e duração, botei na cabeça que quero ela agora. 

3. Pitomba - Vocês tem noção do quanto eu sou louca alucinada por pitombas? Vocês sabem o que é pitomba, gente? Ô frutinha besta que eu amo tanto! Sou capaz de passar o dia chupando pitombas na maior felicidade. Infelizmente não é sempre fácil encontrar pitombas por aqui, mas já que estamos na época propícia: QUERO! Update: Antes mesmo desse post ir ao ar, o namorado desta que vos fala a presenteoou com dois sacos de pitomba. Valeu, mozão!

4. Capas para celular - Perdi as contas de em quantas wishlists eu coloquei esse item. O fato é que eu tinha comprado uma capinha pro meu celular, até customizei a dita cuja, porém depois de um tempo de uso a capa foi ficando folgada (?) e agora fica caindo do celular e não adianta de nada. Preciso de uma nova.

5. Squeeze/Copo térmico - Sou o tipo de pessoa que sempre anda com uma garrafinha de água na mochila. Com o calor que tá, não dá pra vacilar, né mores? Meu copo térmico quebrou e está vazando, consequentemente molhando a mochila inteira, chegou a hora de investir num novo.

To Do List

1. Arrumar meu quarto - Definitivamente este vai ser sempre o primeiro item de todas as minhas listas de coisas que preciso fazer. Sempre coloco em primeiro lugar e nunca arrumo nada. A preguiça é real.

2. Renovar minha parede de quadros - Os quadrinhos que mostrei pra vocês nesse post aqui aidna estão na parede do meu quarto, porém acho que as cores não estão mais combinando com o resto do quarto nem com o meu humor. Tá na hora de mudar, né?

3. Fazer funcionar a meu calendário de gravação de vídeos - Quando nóis pensa que tá tudo certo... Pois é, minha gente, preciso fazer essa parada funcionar pra poder dar as caras pra vocês em vídeo também. Serassi esse mês vai dar certo?

4. Começar nova rotina de exercícios - Como vocês bem sabem, minha vida é dançar. Eu dou aulas e faço aulas de dança, porém sinto que preciso de uma rotina complementar de exercícios pra preparar melhor meu corpo pra essa jornada de danças. Sendo assim, estou aqui me comprometendo a buscar uma prática pra complementar isso aí. Vocês se interessam sobre isso? Se quiserem, posso fazer alguns posts sobre minhas atividades também, é só me dar um alô nos comentários!



É isso! Será que vou conseguir dar conta de tudo isso mais os afazeres do dia-a-dia? Vamo simbora que vai dar tudo certo! Mas agora me conta, o que é que tem na lista de afazerem de vocês? E na wishlist? Me conta tudo aí nos comentários! Um beijo e até breve!

Ray Menezes

sexta-feira, 3 de março de 2017

Document Your Life: Carnaval 2017 + Fotos

Olha quem tá de volta! Sim, meu povo, eu sobrevivi ao carnaval! Voltei pra casa com as pernas destruídas e um bronzeado estranho, mas tô viva e, pra quem quiser saber, foi maravilhoso. Mas já tava na hora de terminar meu hiatus carnavalesco e voltar pra cá, né? Contudo, ainda não superei a chegada da quarta-feira de cinzas, então hoje vamos ter vários registros carnavalescos aqui no post de hoje. 

Pra quem não conhece muito do Carnaval de Olinda, cá estou eu para mostrar pra vocês um pouco do verdadeiro carnaval aqui da minha terra. Quem me acompanha no Instagram já deve ter visto algumas fotos, mas salvei mais alguns registros dos meus dias de folia nas ladeiras e quis dividir um pouquinho com vocês e, quem sabe, deixar vocês querendo conhecer o carnaval da minha terra. Tem registros das ladeiras, de blocos tradicionais, do incrível Homem da Meia Noite e mais. A qualidade dos vídeos não tá lá essas coisas, a maioria foi naquele velho celular VGA, mas tá tudo certo!


E, pra quem não viu minhas fantasias - no plural porque tem que ter fantasia todo dia sim! - no Instagram, aí vão umas fotos pra vocês! Tem fotos minhas e também da festança que foi passar esses dias nas ladeiras de Olinda. Não tem como não se apaixonar por tanta cultura, tanta cor, tanta irreverência e tanta alegria!


E é claro que meus registros não são nem 10% de tudo o que rola nas ladeiras de Olinda e em todo meu Pernambuco durante os 4 dias de folia, mas espero que vocês tenham gostado de ver o pouquinho que eu consegui registrar e dividir com vocês. Eu já tô aqui, contando os dias pro ano que vem e pro próximo carnaval e espero vocês por aqui em 2018, viu? Eu quero frevo! 

Ray Menezes