segunda-feira, 27 de junho de 2016

Louvre, da Verona

E aí, meu povo lindo, tudo bom com vocês? Como foram de feriadão e festas juninas? Por aqui foi tudo maravilhoso, mas hoje mesmo já voltei de viagem direto à rotina normal e, com isso, cá estou de volta para mais um post. Antes de começar de fato, digo logo que vai ter vlog de festa junina sim porque gravei umas paradas, YEY! Vou tentar editar tudo de hoje pra amanhã e tentar botar no ar já essa semana, senão só vou poder fazer isso quando voltar de viagem - sim, de novo - na segunda-feira. Enfim, chega de papinhos e vamos amostrar logo as garras!


Eu já mostrei aqui um esmalte dessa mesma coleção e desse mesmo efeito da Verona e declarei aqui mil amores por ele. Com esse aqui não é muito diferente não, viu? O Louvre - que é um dos esmaltes que, como vocês viram aqui, eu comprei na Hairnor - é uma cor que eu achei linda quando vi lá na feira. É um champanhe dourado ou um ouro velho, nem sei definir, mas é lindo mesmo. Igual ao Dijon, o Louvre também não tem o efeito sand como eu pensei na primeira vez que vi os esmaltes Grão de Areia da Verona.


O efeito desse esmaltes também é de microflocos na unha e de longe parece que tem certa textura, mas o acabamento é lisinho. Na minha unha ele fez umas bolinhas, mas bem poucas. A durabilidade é ok, ficou três dias intacto e considerando que eu lavo pratos e roupas e lavei até meus tênis nesse período talvez possa ser até considerado bom. Paguei R$1,45 nesse vidrinho aí lá na Hainor e amei o precinho ainda mais amygo, né? YEY!

Enfim, espero que tenham gostado da cor e das fotos e tudo mais. Fiquem ligadas por aqui e lá no meu canal que acho que em breve vou soltar vídeo novo e mostrar pra vocês como foram as festas juninas por aqui! Um beijo grande e até breve!

Ray Menezes

quarta-feira, 22 de junho de 2016

3 destinos populares no São João de Pernambuco

Olá, gente bonita, tudo bom com vocês? Comigo tudo ótimo! Já tirei os pontos da cirurgia e finalmente estou sem esses malditos terceiros molares pra me infernizar! Liberdade! O tempo, como sempre, correndo feito um louco e já estamos quase quase no São João! Sério, já estou quase morrendo de contar as horas pra esse feriadão. Dessa vez vou viajar pra cidade dos meus avós no interior do estado e aproveitar as festas juninas como se deve.

Lembram que ano passado eu fiz um post falando do meu Top 5 de comidas típicas das festas juninas? Esse ano eu resolvi pegar mais uma vez o embalo nessa onda de forró fogueira e comidas de milho: resolvi fazer um post sobre 3 dos destinos mais populares do São João do meu Pernambuco, bora lá?

1. Caruaru

Foto: Aguinaldo Lima/Divulgação - Link

Acho que é o destino mais famoso do estado, né? Todo ano vejo várias pessoas falando do São João de Caruaru, várias pessoas vindo de fora pra curtir o São João de Caruaru e até a galera daqui faz excursões pra ir aproveitar os festejos em Caruaru. E tenho que dizer-lhes, amigos, o negócio é bom mesmo. Digo sem medo que é o destino mais badalado do estado nessa época do ano e é a cidade que tem a maior festa de São João por aqui. Tem até aquela disputa de quem tem o melhor e maior São João do Brasil: Caruaru ou Campina Grande? Tretas à parte, eu nunca fui em Campina pra saber como é lá, mas São João de Caruaru é bom demais! Sempre tem barracas - a última vez que passei o São João lá tinha brincadeiras, jogos e vários brindes - comidinhas típicas e não típicas, apresentação de quadrilhas, cidade cenográfica e vários shows pra curtir com as galeres. Gosto demais!

2. Recife

Foto: Edilson Junior - Link

A capital também tem seus festejos, viu? Acho única vez na vida que passei São João no Recife foi no ano passado e pensei que ia ser um feriadão perdido, mas até que não, viu? Recife tem festa sim! Infelizmente eu tenho que quebrar a magia e assumir que, na minha opinião, nada se compara aos festejos do interior, mas não pense que só porque você vai ficar no Recife nessa época que não vai ter onde se divertir. Pátio de São Pedro, Praça do Arsenal e o tradicional Sítio da Trindade são lugares em que você pode procurar diversão junina! No passado peguei uma chuva desgraçada quando saí na véspera de São João, foi uma barra, mas o forró e o coco valeram à pena.Se vocês gostam de festas pagas, vale à pena procurar um lugar legal que tenham uma programação que valha à pena. 

3. Arcoverde

Imagem: Divulgação

Meu destino favorito? Sim! É pra lá que eu vou esse ano? Graças ao meu bom Deus! Na minha humilde opinião, o Arcoverde tem o melhor São João do estado. Melhor que Caruaru, Ray? Cara, pra mim sim. - Resposta totalmente influenciada pelo fato de minha família ser de lá e eu amar as festas dos Menezes? Maybe. - Arcoverde tem show, tem cidade cenográfica, badalação, tem festinha pros jovenzinhos, mas o São João de Arcoverde também é super família, também é super tradicional, super da terra. Não que o dos outros lugares não sejam, mas Arcoverde é tem um São João mais aconchegante, tem cara de festa de interior mesmo e eu amo. Apesar de terem sim algumas atrações conhecidas - dia 26 tem Zezé di Camargo & Luciano e adivinhem só quem vou estar lá -, as atrações do palco principal da festa em Arcoverde são mais locais e, além de todos os artistas e todo o forró, tem o coco. Ah, o coco! Arcoverde é a casa do Coco Raízes e claro que tem polo específico pra quem curte essa pisada. Aí, meu amigos, aquele Alto do cruzeiro fica pequeno pra tanta festa! Esse ano o São João lá começou no ultimo dia 18 e vai até 29, dia de São Pedro.


E aí, bonitas e bonitos, já curtiram as festividades juninas em algum desses lugares? Se não, qual deles vocês queriam conhecer? Eu tô doida pra viajar amanhã, sério! Já liguei a playlist forró das antigas/pé-de-serra/sertanejo old pra tocar no looping eterno aqui no Spotify e vou contar as horas até entrar no carro e pegar a estrada. E por isso, nesse feriadão o blog vai ficar um pouco parado, mas na segunda-feira volto com força total, ok? E se quiserem ficar de olho nos festejos, me sigam no Instagram e deem aquele like amigo na fanpage do blog, vou ficar postando fotinhas do meu São João. Aproveitem as festas juninas pra comer muitas comidas deliciosas, participar de brincadeiras e tenham cuidado quando forem pular fogueira! YEY! Um beijo grande e até a volta!

Ray Menezes

sábado, 18 de junho de 2016

Gelatina no creme de pentear

E aí, minha gente, tudo bom com vocês? Espero mesmo que sim! Por aqui as coisas estão maravilhosas! Ainda estou de licença por causa dos dentinhos que me arrancaram, mas tô aproveitando o tempo livre pra atualizar as leituras, os estudos e descansar bastante antes de voltar pra correria de sempre. Hoje vamos falar um pouquinho sobre cabelo e dar aquela dica amiga pras cacheadas.

Quem aí já fez a receitinha de misturar a gelatina com o creme de pentear? Sempre que eu via um vídeo ou fotos do resultado das meninas eu ficava com mais vontade de fazer também pra ver se funcionaria no meu cabelo. Dia desses tava no supermercado com papis e vi os pacotinhos de gelatina lá todos lindos. Aproveitei a oportunidade e trouxe pra casa pra testar. Querem ver a receita e o resultado?


Fui atrás de fazer essa receitinha amiga em busca de um pouco de mais definição e tentar um volume a mais nos meus cachos. A receita que eu fiz foi a desse vídeo da maravilhosa Gill Vianna, que pra mim é uma inspiração em matéria de cachos. Só que fiz com menos creme, logo reduzi a receita. Eu fiz meia receita da Gill, então as medidas ficaram:

1 1/2 colher de chá de gelatina incolor
1 colher de óleo vegetal
4 colheres de sopa de água
150g de creme de pentear

O passo a passo é super fácil: mistura bem a gelatina com a água e deixa 10 segundinhos no microondas. mistura aos pouquinhos com o creme e depois adiciona o óleo vegetal e mistura mais ainda. Mistura beeeeeem. Aí depois é só deixar esfriar e já pode aplicar no cabelón. Eu finalizei meu cabelo como de costume com essa mistura e esperei secar pra ver o resultado. Se eu gostei?


Meu cabelo ficou super definido e eu consegui day afters do amor usando essa mistura. Deu uma definida bem melhor na parte de trás do meu cabelo que tem uns fios de cachos mais abertos, quase ondulados só, e que nunca formam cachos bonitinhos como na parte da frente. Da primeira vez que usei, que é essa aí da foto, achei que meu cabelo ficou com bastante frizz - não que me incomode -, mas das vezes seguintes nem ficou muito, ficou um nível de frizz normal do meu cabelo.


Gelatina é extraída do colágeno e é rica em proteínas e aminoácidos, que fazem um bem danado pro cabelo e a consistência em si da gelatina é ótima pra dar um up nos cachinhos, mas, como tudo, é preciso tomar certos cuidados quando for usar essa mistura. Primeiro de tudo é aquela máxima de que tudo demais faz mal, né? O uso diário e exagerado pode deixar os cabelos quebradiços, então é bom sempre intercalar com outros cremes. Segundo a Gill, dependendo do clima de onde você mora, talvez o creme fique muito duro e não saia do frasco. Se isso acontecer é só botar 10 segundinhos no microondas que ele volta. Eu uso a mistura por 30 dias no máximo, porque tenho medo que depois disso o creme estrague, por isso também que faço uma quantidade menos do que a receita da Gill, que é pra acabar mesmo e não estragar nada. 

E é isso, gente, espero que tenham gostado da dica! Eu realmente tô amando finalizar o cabelo com essa misturinha porque é bem barata e meu cabelo fica super definido, com um volume bem digno e os cachos seguram por um tempo maior do que o normal. Quem aí já usou gelatina no cabelo? Me digam aí o que você acharam e qual foi o resultado de vocês! Gostou da dica e vai fazer? Me diz o resultado também, que eu vou adorar saber! Um beijo grande e até breve!

Ray Menezes

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Minhas humildes comprinhas na Hairnor 2016

Olar, queridas e queridos, tudo bom com vocês? Já estou melhorando da extração dos sisos, minha cara já está bem menos inchada e, com isso, a minha produtividade está voltando ao normal. YEY! Muito obrigada à todas que me mandaram boas energias e carinhos, em breve estarei voltando ao normal.

No post anterior, eu mostrei em vídeo um pouco do que rolou na Hairnor 2016, inclusive meu corte novo de cabelo, você já viram? No vídeo também falei um pouco do que achei da feira esse ano e disse que em breve mostraria minhas poucas comprinhas, então aqui vai.


Como eu falei lá no vídeo - se você ainda não assistiu o último vídeo lá do canal, clica aqui pra assistir e, se gostar, aproveita pra dar um joinha! - , eu não comprei muitas coisas na feira porque eu realmente não estava precisando de muito mais coisas do que eu já tenho em casa. Nem de cabelo, nem de unhas, nem da make, nem de nada. Só comprei mesmo o que eu tava precisando ou coisas que estavam realmente com um precinho muy amigo. Entre as minhas compras tem coisas de make e unhas, apenas, - nada de cabelo, por incrível que pareça. meu bolso agradece. - bora ver?


Primeiras coisinhas são estas que comprei no stand da Santa Clara. Comprei esponjinhas - que aqui em casa chamamos de queijinhos - pra espalhar melhor as maquiagens cremosas, porque as daqui já estão um pouco velhas e tá na hora de trocar. Me custou pouco mais de três reais, não lembro exatamente. Eu nem lembrava que tava sem curvex até ver esse no stand. É bem simples, todo de metal e vem com uma borrachinha extra e tava super barato, me custou menos de dois reais. Pacotinho com mini lixas de unha que comprei pra distribuir aqui em casa e ver se param de roubar as minhas. Oremos. Pacotinho com 20 lixas por R$1,35. 


Quem me segue no Snapchat - heeeymaria, caso queira - já sabe que eu tava louca procurando um batom nude bonitão pra vida e muita gente me indicou esse da Dailus. Pra mim os batons líquidos da Dailus são ótimos, apesar de terem um acabamento extra seco que eu passei a não gostar tanto. Então fui lá no stand da marca e comprei um Sissone pra chamar de meu. O preço é o que foi melhor: 15 dilmas apenas s2


Mais batons! Esses dois eu só comprei porque o preço tava muito muito amigo. Eu não conhecia a marca, Eva Cosmetique, mas testei os batons no braço, adorei as cores e terminei levando esses dois pra casa. Um roxo, que é um tom que eu não tinha ainda, e um marrom lindo que eu tava querendo. Ambos são cremosos e hidratam bem os lábios. Me custaram 5 dinheirinhos cada. Em breve faço resenha detalhada deles por aqui.


Esmaltes, YEY! Só comprei porque me apaixonei pelas cores. Os dois da Verona estavam por R$1,45 cada e eu adoro esses efeitos lindos, comprei. O esmalte do meio é um roxo lindo, embora esteja parecendo meio azulado (?). Já esse da Top Beauty é realmente um azul escuro cintilante belíssimo que já quero usar nas minhas unhas, me custou R$2,20. Também comprei essa fita líquida da Top Beauty pra testar e era a última do stand. Mucha suerte, hein? Paguei pouco mais de três reais nela. 


E fim! Essas foram minhas comprinhas humildes na Hairnor 2016, espero que vocês tenham gostado. Em breve vai tudo aparecer com detalhes aqui no blog, tá? Me digam aí o que vocês acharam e se vocês já usaram algum desses produtos. Qual deles vocês querem ver em detalhes primeiro? Um beijo brande e até breve!

Ray Menezes

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Hairnor 2016: a feira, minhas impressões e cabelo novo

Olá, gente bonita, tudo bom com vocês? Como foram de dias dos namorados? Por aqui foi dia de ficar em casa curtindo um sorvetinho e só. Obrigada à todas as lindas que me mandaram forças para superar esse período negro da vida que é a retirada dos sisos. Estou aqui com um lado da cara todo inchado e comendo apenas comidas geladas e pastosas, mas adorei receber as boas energias que vocês me mandaram nos comentários.

Hoje vim mostrar pra vocês um pouquinho do que eu vi e fiz na Hairnor 2016. Lembram que eu falei que ia ter a feira da beleza aqui em Recife? Pois então, teve sim e eu fui pra conferir os babados. No vídeo vocês vão poder dar uma volta na feira, ver uma transformação, saber as minhas impressões sobre tudo e ver meu cabelo cabelo novo! SIM! Quem me segue no Instagram - @heeeymaria, segue aê! - viu o vídeo que postei assim que cheguei do último dia de feira e me pediram super pra mostrar o resultado e eu fiquei fazendo mistério sim, mas cá está! No vídeo vocês vão poder ver o resultado do corte de cabelo que fiz na feira, YEY! Então chega de mistério e lá vai!


E aí gostaram? Acho que esse foi o vídeo mais longo que postei até hoje no canal, mas é tanta coisa né? Espero que vocês não tenham achado cansativo. Tenho que dizer que eu estou amaaaaaaaando esse corte de cabelo. Mais uma vez, muito obrigada ao Naldo Cordeiro que é um lindo e cortou meu cabelo no stand da Korban Professional, eu amei demaaaais esse bagunçado chic hahahahjkash.

Agora me digam aí: o que acharam do vídeo, da feira e do meu cabelo novo? Espero que vocês tenham gostado de tudo! Não se esqueçam de avaliar o vídeo no Youtube pra ajudar a miga aqui e se inscrevam no meu canal pra ficar de olho nos próximos vídeos. Depois eu mostro aqui no blog minhas comprinhas humildes lá na feira, tá? Um beijo grande e até breve!

Ray Menezes

quinta-feira, 9 de junho de 2016

3 DIYs fofíneos para presentear seu amor

E aínnnnn, pessoal, tudo bom? Por aqui tá tudo joinha! Amanhã vou arrancar o resto dos sisos que restaram então já vem por aí mais uns dias de molho em casa com a cara inchada e sem comer direito, me desejem sorte e muita força pra aguentar isso. Já reclamei muitas vezes aqui sobre como o tempo está passando rápido e está sim. Já estamos praticamente no meio de Junho e tá aí o dia dos namorados batendo na porta. 

Vocês já sabem o que vão dar pros amorzinhos de vocês? Acho que, pra mim, dar presentes está no mesmo nível de ganhar presentes, então sempre penso com antecedência antes de presentear alguém e principalmente quando esse alguém é o meu namorado oi amor tudo bem sei que você está lendo isso. Há um tempinho atrás eu postei um DIY amoroso, que foi o passo a passo da garrafinha do amor - ainda não viu? clica aqui pra ver! - e cá estou eu de volta com mais tutoriais pra esse domingo ser cheio de mimos. Bora ver?


Pra complementar o presente do seu amorzinho, ou então pra fugir mesmo dos presentes óbvios, aí vão 3 dicas de DIY nem um pouco complexos que você pode fazer sem gastar rios de dinheiro. Se você não tem algum material em casa, corre na rua que dá pra comprar, são tutoriais bem fáceis e que usam materiais fáceis de encontrar. Agora bora botar a mão na massa que dia 12 tá chegando!

1. Almofada de carinha apaixonada

Vídeo da maravilhosa Jessica Belcost s2


Opção fuefa e fácil de fazer, precisa de poucos materiais e não necessariamente você vai precisar de máquina de costura, apesar de o acabamento da máquina ser melhor, dá pra fazer só na cola mesmo. Se for fazer na máquina, eu aconselho que faça os círculos um pouquinho maiores do que o desejado, aí você costura as partes do avesso pra depois virar, o acabamento fica muito bom. Nesse DIY você não vai gastar mais de 25 reais e tá aí um presente super amorzinho pra esse domingo.

2. Caneca personalizada


Ótima opção de presente express que dá pra fazer em casa agora numa boa! Você vai precisar de criatividade, marcados permanente e, obviamente, uma caneca. Aí você desenha o que você quiser na sua caneca e, se você for tão talentosa quanto eu, você com certeza vai precisar de um molde. Aí você faz seus riscos e, quando terminar, colocar a canequinha no forno a 180° por 30 minutos pra queimar e evitar que a tinta saia quando a caneta for lavada e voilá! Presente pronto!

3. Caixa explosiva


No youtube tem váaaarios vídeos ensinando como fazer essa bendita caixa explosiva. O primeiro vídeo que eu vi foi esse da Amanda Celestrino e achei um presente muito muito legal de fazer. O vídeo tá super bem explicadinho com as medidas, dicas e tudo mais. O melhor é que você pode personalizar do jeito que você quiser, usar fotos de vocês, quem sabe até colocar uns brindes dentro tipo uns chocolates e pá, eu ia adorar ganhar essa caixinha acompanhada de chocolates kakaka.


E aí, já sabem o que vão dar pros seus boyzinhos e boyzinhas? Dei uma luz pra vocês? Espero que sim! Me digam aí se gostaram das ideias e se forem fazer alguma me avisem, vou adorar saber! Um beijo grande e até breve!

Ray Menezes

terça-feira, 7 de junho de 2016

Look do dia: Saia jeans com botões na frente

Heeey, marias, tudo bom com vocês? Esse final de semana foi cheio de coisa por aqui e o de vocês como foi? Estou começando a semana aqui no blog nesse terça-feira e tô na maior doideira pra organizar tudo por aqui, tem muito post pra sair por esses dias, viu? E também tem muita novidade pra mostrar aqui no blog, YEY!

Hoje vim pra mostrar um dos looks que usei pra visitar a Hairnor, que é a feira da beleza aqui do Nordeste, que aconteceu aqui no Recife nos últimos sábado, domingo e segunda. E vocês lembram daquele post que eu fiz há um tempo atrás sobre saias com botões na frente? Nele eu disse que tinha adquirido um amorzinho desses pra mim e agora botei pra fora do guarda-roupa. Esse look foi o que eu usei no domingo da Hairnor, bora ver?


T-shirt: Zara
Saia: C&A
Tênis: Converse

Tan dan! Se eu estou amando muito essa saia? Estou sim, migs! Se eu estou amando muito saias em geral? Estou demais, migs! Sei que eu já disse aqui que tenho um abuso INCRÍVEL de usar calça jeans aqui nessas temperaturas de Hellcife, sério, só de pensar em entrar numa calça jeans já me dá um nervoso. E é por causa do jeans sim, porque um tecido mais grosso, esquenta, e a maioria das calças que eu tenho aqui são mais justinhas o que faz de tudo isso um tormento maior. Estou aos poucos aposentando as minhas calças, mas tem sempre um jeito de enfiar jeans no look de um jeito confortável, né? Por isso estou amando mil essa saia que comprei por 50 dinheirinhos na C&A. Combinei com uma t-shirt branca e tênis (que está precisando urgentemente ser lavado), fechou o conforto da vida. Pronto. Depois saí é que eu percebi que não tirei foto com a bolsa, mas foi uma bolsa carteiro preta que rolou aí com isso. 

brinquinho de gótica suave pra complementar

E é isso! Em breve vou postar aqui sobre a Hairnor 2016, sobre minhas comprinhas humildes e outras novidades, vai rolar vídeo e tudo! Fiquem de olho aqui no blog e se inscrevam lá no meu canal também pra ver tudo em primeira mão! Gostaram do look? Me digam aí nos comentários que eu vou adorar saber! Um beijo e até breve!

 Ray Menezes

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Um pouco sobre Tribal Fusion

Olá, meu povo lindo, tudo bom com vocês? Tivemos aqui mais um dia de chuva na região metropolitana do Recife e foi dia de ficar em casinha porque as coisas ficam brabas por aqui quando cai uma aguinha. No post de hoje eu vim pagar uma promessa e mostra pra vocês um pouco do que é o Tribal Fusion, que como eu já postei aqui, é a dança que comecei a estudar no final do ano passado. Quando eu fiz esse post falando das coisas boas que me aconteceram em 2015, eu mencionei que tinha começado a fazer aulas de Tribal e muita gente perguntou o que era. 

Não dá pra fazer um post aprofundado sobre o Tion sem que resulte em textão, por isso resolvi fazer um post bem básico e resumido só ribal Fuspra quem não conhece essa dança começar a saber um pouco sobre. Então lá vai um pouquinho, bem basiquinho, sobre Tribal Fusion.


A Dança Étnica Contemporânea, que é o que conhecemos como Tribal Fusion é um estilo de dança que funde o American Tribal Style (ATS) - que já é uma dança de fusões, com repertório fixo de movimentos - com danças contemporâneas. O ATS carrega influências de outras danças, como a dança do ventre, o flamenco, dança indiana cigana e danças folclóricas, mas quando se fala em fusão o Tribal Fusion vai mais longe, pois permite a mistura com elementos mais modernos como o jazz, contemporâneo, burlesco, danças populares, hip hop e muito mais. 

Os figurinos podem ser bem variados, já que é uma dança que permite fusão com tantos outros elementos, e se você for buscar por inspiração na internet você vai se deparar com coisas belíssimas. É tanto metal, tanta pedra, tanto tecido, tanta medalha, tanto adereço, tanta coisa que meu coração acelera e minha carteira chora só com o pensamento. As maquiagens, num geral, são inspiradas das maquiagens das mulheres dos anos 30 - um olho dramático e o bocão vermelho - mas dependendo do artista você pode encontrar até maquiagens mais teatrais com pinturas e tal.

E como meu trabalho é divulgar e enaltecer essa arte incrível, agora vamos parar nossas vidas por 3 minutos para observar essa pessoa chamada Rachel Brice sapatear em nossas caras com esse domínio maravilhoso de corpo e esse ouvido incrível que capta cada som e transforma em movimento, vamos lá.


Quando eu escrevi aqui sobre um pouquinho da minha experiência com a Dança do Ventre, eu disse que a companhia da qual faço parte tem uma proposta de fusão e apesar de ser essa a nossa proposta, nosso estilo não é o Tribal Fusion, pois pensamos a fusão dentro da Dança do Ventre. Eu, euzinha Rayane, penso que apesar de o Tribal Fusion ser um estilo que permite uma viagem tão ampla é importante que se mantenha uma raiz, é importante manter a característica do tribal ao fazer sua fusão com qualquer outro estilo, assim como a fusão que faço com meu grupo na Dança do Ventre. É importante estabelecer conexões pra, de fato, fusionar e não fazer apenas uma colagem de movimentos e conceitos. E pra isso, meu povo, é necessário muito estudo. 

Enfim, vou encerrar por aqui porque senão esse post vai poder realmente se comparar com meus exemplar volume único de As Crônicas de Nárnia. Espero que vocês tenham gostado de saber um bocadinho sobre essa arte tão linda que é o Tribal Fusion. Se tiverem curiosidade de saber um pouco mais, me avisem que eu posso estudar e fazer um post mais aprofundado. E pra quem tiver interesse e tiver uma facilidade com o inglês, eu recomendo que assista esse vídeo aqui, é bem interessante. Mas e aí, vamo dançar? Me digam aqui o que acharam do post, hein? Um beijo e até breve!

Ray Menezes

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Produtos acabados da vida #1

Olá, gente bonita do meu coração, tudo bom com vocês? Por aqui as coisas estão entrando nos eixos depois de uma começo de semana com muita chuva, mas ontem e hoje o sol já se arriscou a dar uma saída, espero que continue assim.

Já tinha um tempinho que eu não postava vídeo lá no canal, né? O fato é que estou sem câmera nesses últimos 15 dias e não deu pra gravar nada novo, mas tinha um material gravado só esperando edição. Demorei a editar esse porque, como falei pra vocês, tava um pouco complicada a minha semana com trabalho, concurso, mazelas e etc. Mas essa semana as coisas começaram mesmo a voltar ao normal e eu pude editar esse bendito. O vídeo de hoje é um vídeo de produtos acabados, que eu realmente nunca pensei que fosse lembrar de guardar as embalagens pra fazê-lo, mas fiz. Observem a seguir a desenvoltura da pessoa.


E aí, gostaram? Se sim, avaliem o vídeo lá no Youtube e deixem seus joinhas pra me incentivar e, se vocês gostaram mesmo da minha face em vídeo, se inscrevam lá no meu canal pra acompanhar os próximos vídeos, prometo que não vão demorar tanto mais. Me avisem se vocês quiserem resenha de algum produto mencionado e que eu ainda não falei aqui no blog. Ah! E me digam também se vocês gostam desse tipo de vídeo, porque se pá eu faço mais ou deixo de fazer. Um beijo grande e até breve!

Ray Menezes