segunda-feira, 30 de maio de 2016

Bali, da Risqué

E aí, gente bonita, tudo bom com vocês? Por aqui as coisas estão loucas. Um chuva que não para e a cidade está um caos. Estou quentinha no aconchego do meu lar, mas já recebi notícias super tristes de alagamentos e pessoas que perderam tudo, inclusive no meu ciclo de amizade. Só espero que tudo fique bem. Muito obrigada à todas que deixaram seus comentários interagindo com o meu post anterior, muito bom ver pessoas que acompanho aqui na blogosfera compartilharem da mesma indignação e da mesma luta que a minha. Obrigada!

O post de hoje vai ser rapidinho e era pra estar no ar desde o comecinho da tarde, mas fiquei sem energia por causa das chuvas fortes. Agora a energia está de volta e finalmente tenho internet pra postar e programar as coisas aqui, YEY! Pra abrir a semana vim mostrar essa cor linda que estou nas unhas e que estou apaixonada demais. Como vocês vão poder ver, estou numa vibe meio que amando tons mais clarinhos e esse é lindo demais. Esses dias fiquei sem câmera e, por isso, as fotos dessa vez são do meu celular, mas estão bem decentes. Bora ver?


Como eu já disse nesse post aqui, eu amo de ver em quando usar uns tonzinhos nude na unha, fica com cara de unha de barbie. E acho esse esmalte muito unha de barbie. O Bali é um rosinha lindo, tipo um rosinha amor, meio nude rosado que amei à primeira vista. A esmaltação super fácil com o pincel flat, uma camada já tá ok, mas como não tenho lá essas habilidades todas de esmaltação sempre passo duas pra deixar o tom bem homogêneo na unha toda. A durabilidade é só amor, pintei na quarta-feira e só não estou com ele intacto nas unhas porque algumas das minhas unhas estão bem fracas e algumas descamaram, mas na maioria das unhas o esmalte está intacto.

E aí, vocês gostaram da cor? Eu adorei! Um beijo e até breve!

Ray Menezes

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Vamos não fingir que está tudo bem?

Aviso: se você não gosta de textão, passa reto pra não perder tempo. 

Eu confesso que não costumo trazer posts desse tipo pro blog porque sempre vi esse espaço como uma forma de desopilar das coisas do dia-a-dia e dividir um pouco das coisas que eu faço, aprendo, escuto, testo, uso e tudo mais. Sempre vi mais o blog como um exercício de cuidado e criatividade na minha vida, mas realmente não estou conseguindo ignorar as coisas que estão acontecendo ultimamente. Acho que um dos motivos pelos quais eu nunca escrevo textos ou incito debates aqui é que quando eu começo a falar ou a escrever as coisas simplesmente vem e talvez eu não saiba ainda como ter uma fala/escrita muito direta e coesa, então sempre acho que não saberei como parar, mas hoje não deu pra segurar. Lidem com isso.


Fora toda a desgraça que está a conjuntura política do país - desgraça essa da qual eu realmente não tô e provavelmente não estarei nem tão cedo a fim de discutir aqui nesse espaço - coisas aconteceram essa semana e quando a gente pensa que já tá merda num nível absurdo, vem uma avalanche de dejetos e piora tudo. Como ficar bem depois de saber que em algum lugar não tão próximo - mas não tão longe - de mim uma menina de 16 anos foi estuprada por 30 homens?

Ficou um nó na garganta... e a sensação não passa. Você consegue se imaginar acordando com 30 homens em cima de você? Não dá. Eu não sei pelo que ela passou, eu não sinto a dor dela, mas dói mesmo assim. E o medo aumenta. Medo de estar andando na rua - de shorts, de saia, de calça, de vestido, de burca - e por um acaso o meu destino se cruzar com um monstro desses. Monstro? Doente? Que monstruosidade ou doença é essa que ataca 30 indivíduos no mesmo local? São homens. Homens que aprenderam e cresceram reafirmando que podem usar, abusar, julgar, desrespeitar e fazer o que bem entenderem com uma mulher. E como ficar bem depois de ler comentários de gente que acha que o ato se justifica por qualquer coisa? Bebida? Roupa? Mãe solteira? Usuária de drogas? Vi homens e mulheres culpabilizando a vítima, a menina, por ter sido estuprada. Por 30 homens. Que riram dela. Que registraram e divulgaram a barbárie. E eu sei que isso que eu tô escrevendo provavelmente não vai chegar ao destinatário, mas me expliquem uma coisa, vocês que pensam assim: o que é que vocês tem na cabeça? Quem é que sai de casa pedindo pra ser estuprada? A culpa nunca é da vítima, simplesmente enfiem isso na cabeça medíocre de vocês.

Nesse dia foi ela, a menina. E nos outros dias, quantas mais foram estupradas? Quantas foram invadidas por um estranho? Pai, tio, avô, vizinho, namorado, marido, são todos estranhos? Quantas aguentam assédio, sarrada no ônibus, mão-boba, olhares invasivos, fiu fiu, "elogios"........ E quantas tem voz pra gritar? Quantas conseguem? Essa sociedade permite que uma mulher grite?

Acho que hoje a luta de toda mulher tem que ser essa: pelo direito de gritar. Pelo direito de ser mulher. O direito de viver, ser respeitada enquanto ser. É ensinar pra essa sociedade machista absurda que o corpo de uma mulher não é objeto, não é pra ser usado quando você bem entender. Pelo direito de dizer não sem represália. É por isso que não podemos nos calar. É por isso que não podemos aceitar quando desmerecem nossa luta. É por isso que vamos continuar insistindo e nos apoiando. E não vamos nos calar. E não vamos fingir que está tudo bem, porque não está. 

E vou parar por aqui porque senão vou morrer escrevendo. E gritando. 

Ray Menezes

quarta-feira, 25 de maio de 2016

5 Aplicativos úteis pra se ter no smartphone

Alô alô, minha gente, tudo bem com vocês? Os últimos dias foram cheios por aqui, viu? Muita coisa aconteceu e eu fiquei com a cabeça meio doida, não tive nem tempo pra aparecer aqui no blog, sorry. Mas agora estou de voltinha com meus posts, YEY! Com essas coisas que aconteceram eu vou ter bastante coisa pra fazer nos próximos dias. Torçam por mim pra que dê tudo certo e eu vou ter bastante coisa pra trazer aqui no blog. Esperem novidades! 

Hoje vim trazer uma listinha dos 5 aplicativos que eu não abro mão aqui no meu smartphone. Claro, excluí as redes sociais da lista - porque senão era só o que ir ter -, e juntei todos os apps que eu uso sempre pra mostrar pra vocês. Na lista tem música, moda, entretenimento e utilidades, bora ver?



1. Spotify



Nenhuma novidade pra ninguém, o Spotify, né? Eu confesso que demorei pra me render ao app, mas agora que estou há um tempo usando já resolvi que não vou querer excluir nunca mais. Pra mim ele é extremamente útil, porque eu tenho um sério problema de pouca memória pra muitos arquivos no cartão que uso aqui, então não ter que deixar músicas ocupando espaço é uma ótima. O que também adoro no Spotify são as playlists, porque eu sempre me surpreendo com uma música que não escuto há tempos ou com uma música nova que termino gostando demais. Não são todas as músicas do mundo que estão disponíveis no aplicativo, mas as que tem dão pro gasto. 

2. Skyscanner


Útil pra quem gosta de viajar e tá planejando o próximo destino, o que é o meu caso. Com esse app você pode pesquisar preços de passagens aéreas e criar alertas pra ficar de olho nas alterações de preço! Ele é até fácil de usar, a interface é simples - confesso que quando aparecem um monte de preços eu fico muito louca perdida - e, no geral, ele é bem fácil de entender e usar. 

3. Clue


Muito útil. Há uns tempos atrás eu tava procurando um aplicativo que me ajudasse a entender um pouco meu ciclo menstrual porque, amigas, que loucura que se passa por aqui, viu? Aí pois, dei de cara com um outro aplicativo que tem a mesma proposta desse, mas o negócio era rosinha e cheio de bichinhos e eu fiquei meio... excluí e baixei o Clue. E o bicho é ótimo, já foi indicado por vários sites! Tem uma interface bonita e simples, nada rosinha. Nele você pode responder algumas coisas e começar a conhecer melhor seu ciclo e tudo mais, eu ainda não completei um ciclo com ele, mas já conseguir observar várias coisas interessantes. E de quebra o app ainda te lembra de tomar a pílula anticoncepcional (ou outro método que você use), melhor coisa!

4. Viki


Esse é especial pras dorameiras e dorameiros de plantão porque ninguém é de ferro, né nom? Eu sempre falo do Viki.com quando faço algum post de dorama e com esse aplicativo eu posso assistir meus episódios diretinho do celular, sem precisar travar uma batalha com meu querido irmãozinho pra que eu possa acompanhar minhas coreanices. As legendas sempre funcionam de boas por aqui e só os anúncios é que às vezes conseguem me tirar do sério. Já já vou comprar meu Vikipass pra me livrar disso, me aguardem. Detalhe: o Viki não tem só novelas e programas asiáticos, hein? Pra quem gosta de uma novelinha latina en español, a dica tá aí também!

5. MyDressing


E esse é pras gatinhas e gatinhos antenados da moda que gostam de programar os looks antes de sair e não perder umas duas horas e uns mil neurônios escolhendo roupas, tipo eu. Com esse app você pode fotografas suas roupitchas, catalogar em algumas categorias e ir montando e salvando looks com tudo o que você tem. Na hora de sair é só escolher um. Infelizmente ainda não temos o computador guarda-roupa da Cher para que o próprio programa te vista, isso você ainda vai ter que fazer sozinha, mas só de visualizar os looks já tá bem bacaninha, né? Eu amo!


Então, é isso, querides, espero que tenham gostado das dicas! Qual desses apps vocês já usam e qual vocês ainda não conheciam? Vão me contando aí nos comentários e se tiverem algum app legal pra me indicar deixem aí nos comentários. Um beijo e até breve!

Ray Menezes

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Look do dia: Mais vestido e mais tênis

Olaaaar, suas coisas lindas, tudo bom com vocês? Como tá a semana, andando tudo bem? Eu espero que sim! Por aqui eu estou um tempinho mofando em casa de atestado médico, parece que todas as mazelas do mundo resolveram grudar em mim de uma vez só, eu hein! Mas mesmo em casinha e meio mole, estou com a cabeça fervendo de coisas aqui pro blog e tenho muitas coisas pra trazer por aqui ainda, aguardemmmmm ~~

E hoje eu vim trazer um look do dia! Olha só como as coisas mudaram, né nom? Estamos até que lembrando bem de fotografar as produções. Dessa vez vocês vão ter que me perdoar pelas fotos que estão parecendo que foram tiradas no meio de uma ladeira, mas ainda não peguei o pulo do gato de tirar fotos sozinha sem uma mãozinha, esse lance de equilibrar a câmera numas caixas de sapato e livros e tudo mais me dá uma aflição absurda. Mas sempre que tem luz eu tô lá tentando, um dia dá certo, né nom? E olha só quem tá de veshtido de novo, IEI! Vejam só!

Vestido: Forever 21
Colete: Closet de mamãe
Tênis: Adidas

Eu gosto que só desse vestidinho, ele é tomara que caia, mas é super confortável de usar. A malha dele é super boa, encorpada mas não esquenta. Me descobri numa fase muito amando vestidinhos e essas coisinhas, então quando vi esse azulzinho na Forever 21 com um precinho bem amigo, eu ignorei meus instintos pirangueiros - mão de vaca, como queiram - e comprei mesmo. Aí combinei com esse colete - que um dia já foi uma jaqueta de jeans escuro -  e um dos meus tênis xodózinhos que é esse roxo da Adidas. E pimba, tá aí o look que eu usei pra ir almoçar com o boy.

desfocada, porém garotíssima de veshtido
E aí, gostaram? Eu espero que sim! Vocês gostam desse tipo de vestidinho? E de vestido com tênis? Me contem aí nos comentários! Curtam a página do HM no Facebook pra ficar sabendo de todas as novidades por aqui em primeira mão! Um beijo grande e até breve!

Ray Menezes

terça-feira, 17 de maio de 2016

Inspiração: Saia com botões na frente

E aí, coisas lindas, tudo bom com vocês? A semana começou bem pra vocês? Por aqui tudo indo, não muito diferente da semana passada. Essa semana eu tô cheia de coisas pra fazer e não sei se vou ter muito tempo pra me dedicar aqui ao blog, mas vou fazer o possível pra não interromper os posts, tá? Me desejem sorte, porque essa semana eu vou precisar muito. 

Hoje vim trazer um post cheio de inspirações pra quem tá amando essas vitrines de lojas cheias de saias jeans com botões na frente. Separei uns looks bem lindos do Pinterest e do Lookbook.nu pra a gente dar uma olhadinha e babar de leve. Bora ver?


Os modelos em jeans são os que eu mais gosto. Aqui em Recife - se você não vive num ambiente com ar-condicionado - tá impossível usar calça jeans. Pelo menos euzinha aqui não tenho a mínima condição de encarar uma calça de um tecido como o jeans nesse calor desgraçado daqui, no way. Essas saias, pra mim, são a melhor saída pra não deixar o jeans de lado. Eu nunca fui muito de adorar saias e principalmente saias jeans, mas dei o braço a torcer, tô amando esse modelo.


Mas também tem os modelos que não são em jeans, viu? Nas lojas dá pra encontrar modelos em outras cores e outros tecidos. O que mais vejo por aí são modelos numa camurcinha, na maioria das vezes num tom de caramelo. Gosto. E as pretas também são lindas demais e eu gosto principalmente quando elas tem um botão metálico feito essa da foto. E combinada com tênis então... é amor! Esse primeiro look me pareceu tão fresquinho que eu amei demais, minha cara, quero! 


As famosinhas também usam! Alessandra Ambrosio casualmente arrasando nas ruas com sua sainha e carão, VRÁ! Taylor Swift, super linda como sempre, com esse modelo em camurcinha que é o que mais tem nas fast fashions nos últimos tempos. Alexa Chung, com esse modelinho jeans que eu amo demais. E, por fim, a Chloe Grace Moretz - que eu babo demais - com esse look arrasante no People Choice Awards de 2015.

Do Lookbook.nu: Liz B. | Alexandra | Núria J. | Atsuna M. 

Eu confesso que à primeira vista não fui muito com a cara dessas saias. Depois de um tempo passei a achar bonitos nos outros, mas não em mim. Um belo dia entrei numa loja e experimentei um modelo só pra ver como ficava e simplesmente amei! Fiquei babando de verdade e toda vez que via um modelo numa vitrine ficava babando e me imaginando nele. Daí recentemente comprei um modelo em jeans pra mim na C&A por 50 realidades, tô só amor

E vocês o que acham dessas saias? Já experimentaram algum modelo? Usam? Me contem aí nos comentários que eu vou adorar saber! Espero que tenham gostado das inspirações de hoje! Um beijo e até breve!

Ray Menezes

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Resenha: Tô de Cacho - Cachos dos Sonhos 2ABC - 3A

Olá, pessoas mais lindas, como é que vocês estão? Por aqui as coisas estão um pouco complicadas, mas estou fazendo um esforcinho pra que tudo entre nos eixos. Hoje vim trazendo uma coisa que muita gente gosta quando faço aqui no blog: resenha de produto pra cabelo, YEY!

Hoje vim trazer uma resenha que já tá anos atrasada, que é a do creme de pentear Tô de Cacho, da Salon Line, mas um ponto bom é que eu estou testando esse bicho há mais de dois meses, então tenho bastante propriedade pra falar dele. Bora lá?


Logo que a Salon Line lançou essa linha eu fiquei doida pra testar, mas demorei um pouco pra comprar. Aí um belo dia em que eu estava resolvendo umas coisas no centro do Recife, passei numa loja onde sempre compro minhas coisitas de cabelo e lá estava o dito cujo. Comprei. Paguei R$12,90 nesse frasco com 300ml de produto. Duas coisas me chamaram muito a atenção quando vi essa linha: o fato de ela ser livre de petrolatos, silicones e óleo mineral - ou seja, é liberada pra low e no poo - e o fato dos cremes serem divididos por indicação de curvatura do cabelo.


Vocês sabem tem umas tabelinhas que classificam os tipos de cabelo pela curvatura deles, né? Se não sabem, me avisem aí nos comentários que eu posso fazer um post sobre isso mais pra frente; Mas os cremes de pentear da linha Tô de Cacho são sinalizados com uma indicação de curvaturas, porque cada creme desses é específico e deve ter um resultado muito melhor no tipo de cabelo indicado na embalagem. Meu cabelo é meio doido, mistura um monte desses tipos de curvatura desde os fios ondulados ao 3A, eu acho, então comprei esse aí que é o Cachos dos Sonhos.


A consistência dele é ótima, grossinha na medida, que nem os meus favoritos da Monange - que eu já resenhei aqui - e o cheio é gostoso e não tão forte, quando o cabelo seca você sente que o cheiro está lá, mas não incomoda. Depois de usá-lo por mais de dois meses - sempre intercalando com outros que eu tenho aqui, claro - eu tenho absoluta certeza que o Tô de Cacho é quase o meu creme de pentear favorito e é o que eu mais uso disparado. Meu favorito ainda é o Monange Hidratação Intensiva, mas o Tô de Cacho me deu um efeito bem semelhante, deixou meu cabelo bem levinho e definido e me dá um day after muito bom. Minha preferência pelo Monange rosinha é só porque ele hidrata mais e deixa meu cabelo um pouco mais macio e com mais brilho, mas fora isso Tô de Cacho é pau a pau. Olha o resultado aí em baixo!


E por que hoje em dia o creme que eu mais uso é o Cachos dos Sonhos? Porque ele é muito mais fácil de encontrar por aqui do que o Monange, até em supermercado eu já encontrei esse bendito. Ou seja: maravilha! O primeiro frasco que comprei já tá acabando e eu tenho um inteirinho aqui que ganhei de uma amiga, então ainda vou usar muito Tô de Cacho na vida. 


E o que eu quero também é poder comprar os outros produtos da linha: gel, gelatina, quero provar tudo e estou, como sempre, aceitando presentes, hein? Quem aí já usou algum produto dessa linha? E da resenha, o que acharam? Espero que tenham gostado! Um beijinho e até breve!

Ray Menezes

quarta-feira, 11 de maio de 2016

TAG: K-popper na real

Alô alô, minha gente, tudo bom com vocês? Por aqui está tudo caminhando, como sempre. O tempo ainda tá meio chuvoso por aqui, mas sempre com aquele calor que não permite que a gente use roupas de inverno. Tsc tsc tsc, Recife. 

Hoje vim aqui trazer mais um vídeo que saiu lá no canal! YEY! Dessa vez é uma tag - a primeira que eu respondi em vídeo - e vocês sabem que eu sou maníaca por tags. Essa eu vi há um tempo no canal It's Yessica, da Jess, ela que fez a tag e eu achei super legal e fazia um tempão que eu tava querendo responder. Achei que ia ficar estranho responder em forma de post e por isso demorei, mas agora que criei o canal, né? WOHOO! Como vocês sabem, eu adoro pop coreano e essa tag é justamente sobre isso. Ainda estou com aquele probleminha básico com a luz, mas já tô me organizando pra resolver, tá? Mas então, bora ver?


E aí, gostaram? Quem não conhece nada de kpop e não acompanha aqui o blog deve ter ficado um pouco perdido com os nomes, mas dá uma olhadinha aqui no blog que eu já falei um bocado sobre coreanices e minhas bandas favoritas. Mas enfim, espero que vocês tenham gostado. 

Eu adooooooro responder tags, então se vocês tiverem uma legal por aí - seja em post ou em vídeo -, me indiquem que eu vou adorar responder, sério. Se inscrevam lá no canal pra mais novidades e deixem um like, se curtiram o vídeo, tá? Um beijo e até breve!

Ray Menezes

segunda-feira, 9 de maio de 2016

5 coisas pra se fazer num dia de chuva

Olá, gente mais linda, como é que vocês estão? Como foram de dia das mães? Espero que tenha sido um dia bom pra passar com a família e as pessoas queridas. Por aqui tá tudo ok, só o tempo que tá correndo mais do que deveria. Hoje o dia amanheceu chuvoso por aqui, pra fugir um pouco do usual - que é sol e calor com sensação térmica de trezentos graus -, chuva forte mesmo e daquelas insistentes que não param, então resolvi falar sobre o que eu gosto de fazer pra aproveitar dias gostosos como esse.


1. Fique na cama por mais tempo

Tem coisa melhor do que ficar na cama por mais tempo? E num dia friozinho feito esse de hoje? Eu sempre enrolo pra sair da cama, imagine com um tempo gostoso feito esse? Fica aí na cama, se enrola nos lençóis e fica ouvindo o barulho da chuva bater na tua janela. Que coisa boa!

2. Tome uma bebida quente

Em dias normais eu não tomo nem café, que já me dá uma quentura excessiva, mas em dias como hoje... Nada mal um chocolate quente, né? Chocolate, café, um cházinho... Cá estou eu, já pensando nos ingredientes que tenho no armário. Tem que aproveitar o clima propício, né mores? 

3. Faça sua sessão de cinema particular

Bota a pipoca pra estourar, escolhe um filme que combine com o seu humor, ajeita tudo na tv e se esparrama no sofá pra curtir, o dia tá pedindo! Só de pensar no cheiro da pipoca eu já estou babando aqui, fiquei na vontade.

4. Faça uma sessão de beauté

Vai ficar em casa sem fazer nada? Faz uma pesquisa rápida aí, prepara umas receitinhas caseiras ou separa os teus produtos favoritos e faz um spa em casa! Imagina que coisa boa uma esfoliação e um escaldapés com direito a massagem nos pés? Nossa, quero!

5. Tome um banho de chuva

Se nenhuma das opções acima te satisfez e você ainda tá com fogo no rabo pra sair de casa: bote sua melhor roupa e se joga na chuva! Se você tem um quintal em casa, melhor ainda, pelo menos ninguém vai te olhar e te achar louca por você estar na rua super feliz por estar no meio da chuva. Quanto tempo faz que não faço isso? Não sei, mas até que deu vontade de sentir uns pingos caindo e batendo no meu rosto.


E o que fazer quando você não vai poder fazer nenhuma dessas coisas? Só aceita. É aquele tipo de dia ingrato que amanhece perfeito pra você fazer coisas gostosas, mas você tem que sair de casa e ir trabalhar, ou estudar, ou ir cumprir com suas obrigações. So sad. O que me resta agora é imaginar como seria um dia perfeito assim, né?

Enfim. Espero que tenham gostado do post e se vocês tiverem um tempinho sobrando pra fazer alguma dessas coisas, façam, porque eu tô aqui só na vontade. Me digam aí nos comentários o que vocês mais gostam de fazer em dias de chuva, eu vou gostar de saber! Um beijo e até breve!

Ray Menezes

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Wishlist literária

Oioioi, gente mais linda, tudo bom com vocês? Hoje é sexta e eu tô feliz demais com isso! Amanhã ainda tenho um dia cheio de tarefas pra fazer, mas pelo menos terei o domingo inteiro pra descansar e passar o dia com a família. Tô feliz pra caramba porque meu canal aqui do blog completou 50 inscritos, YEY! Parece pouco, mas pra mim cada inscrição, cada curtida e cada seguido aqui do blog é uma felicidade a mais, então muito obrigada s2 E, por falar em canal, vocês já viram o último vídeo que postei lá? Falei um pouco sobre a minha transição capilar, se quiserem ver é só clicar aqui. Se gostarem, e quiserem se inscrever, sejam muito bem vindas!

Começo de mês é aquela coisa, né? A gente fica querendo comprar todas as coisas das nossas listinhas de desejos. No começo do mês passado eu postei meus desejos de produtos capilares - se vocês não viram, cliquem aqui pra ver - e esse mês o que me atacou os meus desejos foram os livros. Então olha aí minha wishlist literária no ar!



1. Um Pergunta por Dia | 2. Manual da Garota Cacheada, Lorraine Massey | 3. Box Trilogia do Graal, Bernard Cornwell | 4. O Demonologista, Andrew Pyper 5. Objetos Cortantes, Gillian Flynn


E aí, gostaram? Pesquisei e a Submarino é que tá com os melhores preços na maioria dos casos, mas juntando todos que posso comprar esse mês.. fica aquele frete desgraçado quase do preço dos livros. Tô querendo bastante todos esses livros e tô só no aguardo de uma promoçãozinha interessante com frete grátis. Livrarias, sites de compras, me façam esse favor! Espero que tenham gostado de minha lista. E aí, já leram algum desses? Quais desses vocês querem também? Me contem aí nos comentários! Um beijo e até breve!

Ray Menezes

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Transição capilar: porque decidi assumir os cachos?

Alô alô vocês sabem quem sou eu? minha gente, tudo bom? Por aqui o tempo parece que tá passando ainda mais rápido do que já estava. Daqui a pouco estaremos chegando no final do mês e eu ainda tenho tanta coisa pra estudar que tá me dando nervoso. Acho que ainda esse mês vou marcar a extração dos outros dentes que ficaram faltando e passar mais uma semana comendo sorvete. 

Hoje finalmente tô trazendo vídeo novo, YEY! Ainda está tendo obra aqui atrás do meu prédio e eles passam o dia fazendo muito barulho, mas tentei dar um jeito. Nesse vídeo tive um probleminha com a luz do sol que não me ajudou muito e com uns barulhos externos - passarinhos, cachorros, obra, vizinhos... - que atrapalharam um bocado e me fizeram fechar a janela pra diminuir os sons de fora, mas com isso eu perdi um pouco de luz, porque minha janela é de vidro fumê. Não se pode ter tudo na vida, né? Pra esse mês uma das minhas metas é providenciar luz pra gravar à noite, que pelo menos é silencioso. Esse foi um vídeo que já me pediram várias vezes pra fazer e por isso gravei mesmo com esses contratempos todos, espero que vocês relevem o que tem de ruim e só prestem atenção no essencial. Lá vai!


E só! Espero que vocês tenham gostado de saber um pouco sobre a minha transição capilar e tudo mais. Se quiserem saber de alguma coisa que eu não falei aí no vídeo, podem perguntar nos comentários, eu vou responder com certeza! Se gostaram do vídeo, deixem um like pra mim e se inscrevam no canal pra acompanhar os próximos vídeos. Um beijo e até breve!

Ray Menezes

segunda-feira, 2 de maio de 2016

The Jungle Book, 2016

Olá, gente linda, tudo bem com vocês? Como foram nesse desperdício de feriado no domingo? Por aqui as coisas foram tudo bem. Semana passada eu tentei me organizar pra gravar um vídeo pro canal, mas a obra aqui do lado não deixou e como eu ainda não tenho luz pra gravar à noite, então é o que temos pra hoje, mas Maio chegou e esse mês eu vou me organizar pra providenciar isso. E acho que essa semana já sai vídeo novo no canal, mas só acho, então torçam por mim. Esse mês vai ser meio puxado aqui, já que estou na reta final para os concursos que vou prestar - ambos são no final desse mês -, então as coisas vão ficar meio corridas pra mim por aqui. 

O post de hoje já era pra ter saído há um tempo aqui no blog, mas eu fiquei protelando, tsc. Há uns 15 dias atrás eu fui ao cinema matar minha vontade de assistir filme da Disney. O filme que está em cartaz é The Jungle Book ou, como todo mundo conhece, Mogli: O Menino Lobo. O que eu achei? Lá vai!


Primeiro: toda vez que a Disney anuncia um bendito live action de algum clássico eu já fico apreensiva. Sou tão encantada com os desenhos que chega fico nervosa pensando que vai ser a maior cagada, mas já adianto que não foi o caso de Mogli. O desenho trás uma ambiente super lúdico, já o filme é mais sombrio, a floresta tem um tom mais real. A história se manteve bem fiel, com as cenas clássicas muito bem feitas e até alguns diálogos eu consegui reconhecer. Apesar de ser um filme todo feito com efeitos computadorizados, me chamou muio a atenção o quão realista eles conseguiram deixar o cenários e os animais. Por falar nos animais, eles são um show à parte porque a gente consegue ver emoções nos olhos de cada um, um espetáculo. 


O que não podia faltar? Necessário, somente o necessário, o extraordinário é demais! Imaginem uma criança feliz no cinema. Essa sou eu assistindo essa parte do filme. É incrível como a essência de todos os personagens foi mantida nesse filme nenhum deles foi aquém do que um fã alucinado dessa história poderia esperar. Neel Sethi, que faz o Mogli foi perfeito pro papel. Muito parecido com o desenho e um amorzinho nas telonas. E o que falar sobre as vozes dos animais? Todas muito bem selecionadas, mas se eu fosse escolhes destaques seriam o Bill Murray, que faz brilhantemente a voz do Baloo, e a voz hipnótica da Scarlett Johansson, que faz Kaa, a cobra. E por falar em Kaa, essa é minha cena favorita do filme, a que a cobra hipnotiza o Mogli e quase o come. É incrível! Pontos negativos? Pra mim só o efeito 3D que foi desnecessário, não vi nada demais. Pra quem ainda não viu nem o trailer do filme, dá uma olhadinha aí em baixo.



Se vocês gostam de filmes da Disney e pretendem ir pro cinema por esses dias, eu indico que assistam Mogli, porque o filme tá muito lindo sim. E eu não assisti o filme dublado pra saber como estão as vozes, mas se puderem assistam legendado porque as vozes originais são parte da magia. Espero que tenham gostado da dica, um beijo e até breve!

Ray Menezes